Como Receber o Bolsa Família: Veja um Passo a Passo!

Algumas famílias recebem benefícios do Governo Federal para que possam se manter financeiramente. O Bolsa Família é um exemplo de auxílio que complementa a renda de algumas pessoas, para que estas possam custear as ações e serviços utilizadas pelos seus familiares. Para receber o auxílio é preciso realizar um cadastro e ser selecionado.

Como Funciona o Bolsa Família

O programa criado em 2003 pelo Governo Federal visa complementar a renda de famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade social. O valor depositado mensalmente, deve servir para custear serviços que possibilitem o acesso a direitos básicos do cidadão. Por exemplo: remédio, material escolar, alimentação e etc.

Além disso, o programa articula outras ações de integração às politicas sociais. Em nível federal, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) é o órgão responsável pelo Bolsa Família. No entanto, estados e municípios também possuem suas responsabilidades relativas ao projeto.

Quem tem direito ao Bolsa Família

O programa atende famílias em condição de pobreza e extrema pobreza. Sendo caracterizadas nessas condições quando apresentam:

  • Renda por pessoa de até R$ 89,00 mensais;
  • Renda por pessoa entre R$ 89,01 e R$ 178,00 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos.

O cadastro dos interessados deve ser feito por meio do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Nos municípios, as famílias devem comparecer a uma unidade de assistência social e CRAS para realizar o seu cadastro.

São selecionados aqueles que demonstrarem verdadeira necessidade em receber o benefício.

Receber Bolsa Família

Quando selecionados, os inscritos recebem um cartão Bolsa Família do banco Caixa Econômica Federal. Criado para o saque mensal do auxílio. O documento vem em nome do chefe da família, normalmente a mãe ou pai.

O valor Bolsa Família é diferente para cada beneficiado. O mínimo é de R$89 mensais. Mas depende da composição familiar, em caso de gestantes e crianças até 15 anos, por exemplo, é possível acumular até 5 benefícios de R$41 cada e totalizar R$205 mensais de auxílio.

As famílias consideradas de extrema pobreza podem acumular benefícios que totalizem R$372 por mês. A data para pagamento do bolsa família é determinada em calendário.

Veja como receber:

  1. Cadastro: faça o seu cadastro no CRAS do seu município;
  2. Seleção: as famílias são selecionadas pelo MDS;
  3. Pagamento: o pagamento é mensal e deve ser sacado em uma agência da Caixa com o cartão do programa.