O que analisar antes de comprar uma moto?

Moto é um veículo com fãs em todo o mundo. A economia no combustível é apenas um dos atrativos, há a facilidade de estacionamento e mobilidade no trânsito como pontos diferenciais. Mas antes de comprar uma moto alguns pontos devem ser levados em consideração e muito importantes a serem considerados muito importantes. 

Moto nova ou usada?

Este é o primeiro ponto a ser avaliado e muito deve ser levado em consideração. Um dos pontos mais importantes é o quesito que devemos pensar com cautela: impostos. IPVA 2018 é muito mais caro de veículo novo, em especial comprado no mesmo ano. 

A desvalorização rápida de veículo de duas rodas emplacado também é rápida. Em menos de seis meses ela já perde mais de 20% do valor de loja. Para quem compra um veículo desses pouco usado é ótimo mas quem vende perde muito. 

Mas há a parte ruim também a ser analisada. É um veículo leve e fácil de fraudes. Nem todo mundo realiza a manutenção como deveria e por isso comprar veículos com peças na iminência de troca é comum. Os gastos podem parecer baixos de início mas se tornarem muito altos em longo prazo. 

Moto usada precisa de muita análise e conhecimento antes da compra. A qualidade das peças e estado do veículo é que podem informar se é um bom negócio ou gerará dor de cabeça em longo prazo. Uma boa dica é pedir uma avaliação com mecânico antes de efetuar a transação financeira.

O que analisar antes de comprar uma moto?

Saber comprar uma moto é importante e não é tão complicado. É preciso observar pontos muito importantes seja ela nova ou usada. Os mais importantes são:

Fabricante e disponibilidade de peças – nem todas as marcas são populares mesmo sendo ótimas motos. Se compra o veículo pensando em rodar muito a manutenção deve ser mais frequente e a necessidade de peças também. Avaliar o mercado e índice de reclamações online sobre o problema é uma boa pedida antes de levar para a garagem. 

Desemprenho – tudo depende de qual o seu uso. Se sua locomoção é básica e não para trabalho não necessita de um excelente desempenho e pode comprar um modelo mais barato. 

Óleo – tem fácil acesso para a vareta? É algo que pode verificar sem problemas? Observe como é desenvolvido o sistema e se não há muitas críticas sobre ele. 

Comandos – há muitos modelos diferenciados e eles devem ser de fácil manuseio. Claro, há sempre um período de adaptação mas dependendo do seu uso e da necessidade de ligar e desligar pode ser interessante buscar os mais fáceis possíveis. 

Cabe acessórios? – parece que toda moto cabe um baú mas na verdade não cabe. Algumas não permitem muito conforto ou um passageiro quando o acessório está instalado. 

Preço de revenda – se você costuma trocar de moto todo ano lembre do que foi informado acima. Quanto mais antiga fica mais ela desvaloriza. Contudo, os modelos populares desvalorizam mais rapidamente e vale analisar se a perda não será muito alta e não vale a pena investir.